Jurubiara Zeloso, Amigos e as Amantes

 "Os homens e as mulheres de boa aparência não vivem muito tempo..."

  PATRONO DO MÊS DE NOVEMBRO
   
                           Madre Tereza de Calcutá
    
       Não vão dormir, coelhas garotinhas e moçoilos...

             Não sejam gulosos e não me olhem assim! 
         


      
 O desejo de ser está na escrita, a de pertencer
        ao mundo que sendo menos criativo precisa
        de gente que saiba viver, escancarar as novas
         fronteiras, rasgar corações, saber a tudo fazer.
        Toda poesia e belos escritos com primor que
        não só pertencem ao escritor mas a quem o
        ama pelas palavras e conhecimento da vida..
        Isolar-se jamais! Apenas adentrar mundo ou
        das maravilhas da alma poeta e escritora!
        Somos amantes da vida, das coisas que só
        compensam e tambem as que recompensam.
        E não basta ler tudo...meus amores...e a esta
        hora do momento a loucura, a vanguarda, a
       insana possibilidade de abrir portais e cenas
       do amanhã ´meu trilhar, e com essas ideações
       posso entreabrir a porta da literatura desse
       amanhã e compreender algo que fomenta meus
       anseios  de poetisa libertária e renovadora.
       Os outros que descubram por si mesmos o que
       aqui exponho diariamente, e ler muito e viver
       a vida não será o tudo e o TODO que realmente
       nos importa! Afe...sejam bem recebidos aqui...





 
     E TEMOS QUE FICAR ALERTAS E EVITAR DESASTRES....

     

            


                  MENINAS EU VI
         


              

                
     
             



            


              


              


          



  

  A luz do mundo é uma mulher. A Terra a outra mais amada!
               



A arte é feminina. O pincel amabilidade. A côr um só amôr!


    


       
         
       A Apanhadora do Campo de Bamboleio...


 


 
         


  
Meu Diário
04/09/2018 12h16
O ano está quase no fim!

       Pois o tempo passa, o tempo voa e minha poupança continua gelatinaaa!!

       kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!

       É verdade, a minha bunda continua macia, tremulante e mutio cuidada! A maioria das garotas adoram isso, adoram idem bater no bumbum e beijar tudo que encontram por lá...kkkk sou mesmo uma doida dizendo isso, mas é verdade! Eu já não tenho mais os pudores em afirmar as minhas intimidades, porém estou é cautelosa e náo vou além disso que falei acima...deuses meus! kkkk sou assim esquistia mas no controle eterno das emoções....kk

       Claro, sou amada, idolatrada com certo desejo de parte delas, e minhas amadas queridas da comunidade tão nossa sabem o que fazem. Elas todas se freiam em tudo que fazem comigo e nem podem ir longe, eu deixo sempre. Faz parte de mim ser mais passiva, solta, libertas de pudores antigos, ou posso ser ativa e predadora como quero. Às vezes. E ser lésbica me permite ação ou boa reação, conforme nossa relação fluir dentre todas ou só com algumas. De resto muitos vão achar que adprp estar num harém femininl só meu e etecetera e tal, contudo nós nos contentamos em ir devaga, pra nnunca sermos tachadas de "as mulheres de puteiro feminino" ( argh! )...nada disso meus caros, está muito longe da verdade dizer. Sapatonas como nós queremos liberdade, sermos  nós mesmas, não importa como eu ou todas dirigem suas vidas. Estamos numa só comunidade integra, ainda que desejável, e a gente não vai tão longe numa espécie de hedonismo de abelhas-rainhas sexualizadas. A gente se gosta e só fazemos tudo de bom, sem maledicências maiores. Faço de tudo pra manter nosso caráter acima de tudo, mesmo que nós fossemos fazer um randevú sem fim de sacanagem implícita ou não...afe! E tem gente que pensa assim de nós!

       Confesso que ser lésbica é querer estsr numa ilha de Lesbos cheia de mil taradas que nunca param de ficar  na cama. Eu não sou dessas d epensar tão grosseira visão da vida num hedonismo implacável. Se fosse assim nossas relações internas há muito teriam se dissolvido em mumunhas azedas, brigas e ciumeiras tôlas. Estou afirmando que criei isto aqui pra sermos livres, uma boa comunidade longe dos homens que em nada compreendem mesmo. A gente se vira como pode e jamais caímos na tentação de se desejar homens ou sexo grátis sem parar - quem deram se houvesse homens decentes...e nada disso poderia acontecer comigo e com as outras tantas no "comando". Jamais vou deixar as coisas perderem o total controle, seja emocional ou até sexualmente falando, pois de jeito maneira que não! Oras!

       Minha zanga se torna suspeita ou até aceitável, mas é assim que agimos em detrimento do mundo de lá de fora, aquém dos muros dessa casa grande. E somos íntregras em desejar um lugar pra fuicar, uma luta a sustentar e amôr generalizado ( mas sem muito apelo intenso, pois... ) e um lugarzinho para lésbicas ou héteros simpatizantes(!)  se sentirem mais mulher e se gostarem de qualquer jeito. Mas me considero uma abelha-rainha e estou no mais alto comando por aqui, se é que posso dizer isso sem braveza. Sou amada e querida, trabnalho e de noite tenho minhas funções de criada e criatura, dama de um sorteio elegante de corações em unpissono! E se eu falo dificl, tentem compreender a minha situação e o quanto sou de intelectual ajuizada a cada passo que dou. Não somos meros bonecos que se atiram uma nas poutras, enm pensaria mais que isso.  A gente se ama, se gosta demais, temos paixão, entretanto somos verdadeiras no coração e na vida complicada do mundo. E smepre convido as que entram ( se quiserem e eu não forço a barra! ) a serem elas mesmas, se querendo ficar ou saindo fora só de ver meu sorriso bonito. e jamais imponho uma seleção ou suas vontades encadeadas ao meu poderio emocional, nem pensar! Demonstro logo as minhas intenções fazendo com que  todas conheçam o resto de nosso meio, um tanto absorto em criar-se e recriar arte, vida ou um ambiente sofisticado de seres maternais sem a mácula externa. 

         Nunca passaria na minha cabeça em ir tão longe no sexo, no amor e nas criações de relacionamentos inevitáveis por aqui. Faço o bem geral, faço o que eu digo e nem peço que todas façam como eu faço...simples assim!

         Se tenho um harém apesar isso? Ora, vá pastar no campo e crie bois!

         kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

 

        P. S. : o ano está mesmo no fim e já tpomei as resoluç~eos p´ra o ano que vem, quie será mais interessante...e guardo surpresas. Do tipo botar umas crianças pra cuidar, pois tantas mulheres aqui maternais e que seriam boas mães. Fazendo com isso uma grande maternidade-creche só para meninas abandonadas ou de quem não pode criar o dia todo. Seria uma boa, mas tenho medidas legais a por emd dia e tam. Mas faremos o pos´sivel pra ir adiante na idéia. MAs uma coisa não se mistura a outra...haverá separação entre o que as crianças precisarem, e a nossa vida particular intensa dentro de casa...e vinho não se mistura com água em potes velhos demais...vai ser complicado isso! E a minha intenção maior é não fazer um exército de lésbicas desde a infância, nada disso, nada disso, sai fora dessa! Se pensarem assim estou frita! kkkk


Publicado por Jurubiara Zeloso em 04/09/2018 às 12h16
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras